Páginas

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Muito cá de casa II - Carlos Rodrigues (Manel Bola)

"A existência humana deixa no planeta vestígios, traços incontornáveis e irreversíveis que se perpetuam pelos tempos. O Homem sempre desempenhou um papel fundamental nos modelos de desenvolvimento e na evolução do Mundo e das sociedade onde se integra e às quais pertencem.
Desde tempos longínquos que deixou a sua marca artística sobre suportes, nem sempre de grande longevidade e que se constituem hoje como herança da Humanidade. Os intervenientes ao longo da História viram a sua memória preservada pela representação artística e assim garantida a sua existência virtual para longos tempos.
Assim, das primeiras representações iconográficas passou-se hoje para as virtuais, fantasiosas, fictícias até da realidade envolvente e dos seres humanos que habitam o planeta ou para lá dele numa visão cósmica da existência humana.
Com base nesta ideia, pareceu interessante a Teófilo Duarte e António Correia criar um corpo de trabalho fotográfico com o objectivo de construir uma colecção de retratos de figuras marcantes na área cultural Portuguesa com os convidados para intervenções ou/e exposições na Casa da Cultura de Setúbal durante o ano de 2013."

Com o Carlos Rodrigues - actor de teatro - mais conhecido em Setúbal por "Manel Bola" inicia-se a segunda fase do "Muito cá de casa - 2013" dentro do mesmo espírito do anterior e descrito acima em itálico.
Adoptou-se no entanto por uma designação ligeiramente diferente pois outros retratos se seguirão entrando por dentro de 2014. Daí que agora o projecto se chame "Muito cá de casa II".

Neste retrato, inteiramente conseguido à custa de luz natural, falta um recorte nos ombros e na cabeça como já fiz anteriormente em situações idênticas. A minha dificuldade é que estas fotografias são sempre tiradas em sítios diferentes com as variações de ambiente e luz consequentes. Enfim... desculpas !
Falta-me declaradamente um tripé para apoio de um flash já que o disparador à distancia sem fios já tenho.

Imprimi esta foto e não gostei lá muito do tom que lhe introduzi. Está demasiado acastanhado. É evidente que o tom é diferente do que se vê aqui na web mas não, não está bem, não está como eu gosto. E pois, eu tenho de gostar daquilo que faço porque assim é que me dá prazer.
Lá terei de imprimir mais uma ou duas alternativas de forma a conseguir um tom mais do meu agrado, até porque a opção tonal se vai estender por todas as fotos que forem captadas no ambito do "Muito cá de casa II".

Sem comentários:

Enviar um comentário